Entenda as diferenças dos tecidos para roupa de cama e veja como escolher o ideal

Via: Admirare

Quem está montando o enxoval, certamente vai ficar em dúvida com a variedade de produtos disponíveis no mercado de cama, mesa e banho. Algodão egípcio, percal, 180 fios: tudo isso pode soar estranho aos ouvidos de quem tem a tarefa de comprar colchasedredonslençóis mantas, mas, tão estranho quanto necessário, é aprender esses termos e saber diferenciar um tecido do outro, afinal, disso depende o seu conforto. Continue lendo o nosso artigo e vire um expert em tecidos de enxoval. Entenda as diferenças dos tecidos para roupa de cama e veja como escolher o ideal!

Microfibra: resistente e antialérgico

microfibra é um dos tecidos queridinhos da atualidade quando se trata de roupas de cama. Resistente, antialérgico e com o toque macio, essetecido para roupa de cama tem sido muito usado na confecção de cobertores, edredons e mantas. O mais interessante é que a microfibra aquece na justa medida, pois possibilita trocas térmicas. Além disso, ela tem um enorme potencial decorativo, seca rápido e oferece respirabilidade. Vale ressaltar que a microfibra é um tecido sintético de poliéster ou poliamida.

jb-dublagem-entenda-as-diferencas-dos-tecidos-para-roupa-de-cama-e-veja-como-escolher-o-ideal-1

Algodão: tecido tradicional

algodão é um dos tecidos para roupa de cama com características únicas. Ele é natural, marcado pelo conforto, durabilidade e versatilidade. Nos climas frios, ele funciona como isolante térmico, protegendo o corpo das baixas temperaturas. No calor, ele é agradável ao toque, mas não esquenta rigorosamente. Para completar, o algodão é hipoalergênico, ou seja, tem baixíssima tendência a provocar reações alérgicas.

jb-dublagem-entenda-as-diferencas-dos-tecidos-para-roupa-de-cama-e-veja-como-escolher-o-ideal-2

 

Percal: bom preço e fácil de passar

Um dos tecidos para roupa de cama tradicionais do mercado brasileiro é o percal. Os lençóis de percal podem ser puros ou mistos, isto é, 100% algodão  ou 50% poliéster e 50% algodão. Eles são feitos a partir de 180 fios e a versão mista é mais barata e fácil de passar. O puro, por sua vez, é mais macio e durável, já que não forma aquelas bolinhas sobre o tecido. Vale acrescentar que o algodão puro é mais fresco do que o misto.

jb-dublagem-entenda-as-diferencas-dos-tecidos-para-roupa-de-cama-e-veja-como-escolher-o-ideal-3

Dicas para escolher tecidos para roupa de cama ideal

Para você saber escolher qual os melhores tecidos para roupa de cama para sua necessidade, algumas dicas podem te ajudar a selecionar o modelo certo:

  • Quanto maior for a quantidade de fios dos tecidos para roupa de cama, mais macia e durável será o material. Aposte em colchas e lençóis de, no mínimo, 150 fios para garantir uma textura agradável ao toque;
  • Tecidos de 100% algodão, com 400 fios, são nobres e possuem um toque acetinado. O algodão egípcio, por exemplo, é perfeito para quem busca maior sofisticação e está disposto a pagar mais caro por isso;
  • A seda e o cetim não são tão recomendáveis para roupas de cama, pois apesar da textura macia,  eles retêm calor;
  • O toque do linho não é confortável para roupas de cama e, se ele estiver engomado, acaba retendo muito calor;
  • Pense na estética e no preço dos produtos, mas não abra mão do custo-benefício. É sempre melhor investir em roupas de cama mais confortáveis e duráveis.

E aí, você gostou das nossas dicas? Vai ficar mais fácil escolher seus lençóis, colchas, fronhas, mantas e edredons a partir de agora que você conhece as diferenças entre os tecidos para roupa de cama? Ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Comente!

Está preparando o seu enxoval para sua nova casa? Que tal conferir esse checklist especial que preparamos para você? Clique e faça o download agora mesmo!

 

Fonte: Admirare | www.blogadmirare.com.br
Postado por: JB Dublagem |  www.jbdublagem.com.br